Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2013

Rascunho de "O pássaro"

E ela veio voltando de mansinho
Devagar e esparsamente.

Está voltando da mesma forma que veio
Inadvertidamente, sussurrando ao meu ouvido
Me acalentando mesmo de longe.

Vem acariciando minha alma e aura
Despejando seu amor

Quero segurá-la para sempre em meus braços
Mas não me acho merecedor.

Ela é um pássaro livre e eu - pobre eu -
uma gaiola com correntes, bem firmado ao solo.

Espero pelo dia que possa tê-la ao meu lado
Mesmo sabendo que esse dia nunca chegará.

Crônica

E ela me assistiu a noite inteira, compenetrada. Não sabia se eu a hipnotizava ou o oposto. Se didtraiu por alguns minutos apenas. Aposto que falava com seu amante. Ela tentava ser discreta ao rir, mas emanava do seu ser. Não era nada discreta e esbanjava desejo.  Ao final da noite, onde eu deveria ser o astro, só ela brilhou. Seu olhar estonteante ao me cumprimentar me tirou o fôlego. Sua jovem exuberância me tomou os pensamentos. E ainda ousou falar de outro com aquela voz de veludo. Quis que fosse minha. Então, displicentemente ela me dá adeus. E nem sei seu nome. 
Durante todo o tempo não consegui tirar os olhos dele. Era incrivelmente sedutor. Olhava a todos como um lobo observa um rebanho. Como queria ser um cordeiro agora. Aquele ar soberano e soberbo sobre nós. Estava na fila, ansiosa para falar com ele, ensaiando o discurso. Devo dizer que sou uma grande fã? Mas nem o conhecia antes desta noite. É minha vez. Que olhos profundos, senti que podia ver sua alma me puxar para dentro…
Feeling quite lonely right now. It's prolly all this stress around me. All this anxiety and this emptiness feeling. Maybe I'm just on my PMS and it'll vanish away as soon as it's over.. Not sure, though. In need of something that's missing. Where are you?