Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2011

Adoro

Adoro seu jeito de me tocar
Quando passa a mão pelo meu corpo
Dizendo "Você é minha, e não vai escapar"

Adoro quando você me beija
Aquele beijo apaixonado
Como quem dissesse "Sou seu e estou aprisionado"

Adoro até quando você fala besteira
Me faz rir como boba,
Fazendo barulheira.

Mas adoro mesmo
Quando fica só a me observar.
Pois vejo nos seus olhos, o brilho do amar.

Denial

Não queria estar fazendo nada do que faço agora
Não queria estar nesse emprego, nessa área, nessa situação.
Não queria ter parado de fazer o que amo, apesar de me fazer mal.
Não queria ser conformada com o presente, apesar de não ser.
Não queria fingir que está tudo bem quando sei que não.
Não queria chorar sem sequer imaginar o motivo.
Mas principalmente, não queria não querer.

(Tornaria tudo muito mais fácil)

Onde está

Onde está
a menina do riso,
a bailarina do circo,
a moça de coração terno?

Aquela que estava sempre solta,
rindo feito louca.
Que tomava chuva na varanda
E que agora sumida anda?

Onde está aquela garotinha inocente
que cria até na fada do dente?
Onde está a criança esperançosa,
cantando "bem-me-quer" em pétalas de rosa?

Escondeu-se no íntimo.
Fez abrigo em seu âmago.
Agora espera, quietinha,
pelos braços de quem amo.


(tá muito porco e sem noção, nem reli XD)

2011

Estive confusa, me decidi.
Tentei muitas coisas,
Alcancei algumas.
Tive dúvidas, me esclareci.
Amei, desgostei.
Sorri, briguei.
Me destruí e fortaleci.
Tive medo, criei coragem.
Chorei, lutei.
Perdi e venci.
Dancei, aprendi a dançar.
Senti falta, busquei conforto.
Entristeci, tive ótimos dias.
Revivi, Revi, vivi, vi.

É disso que a vida é feita.
Foi esse meu ano.

Receita

Um aperto forte no coração
Uma angustia ardida
Tudo misturado com pitadas
Pitadas de desilusão

Um copo bem cheio de tristeza
Com lindos pedaços de solidão
Tem recheio de duvida
Com gotas de desespero

Que belo jantar
Violência ao molho ira
Com um bom vinho do maldizer.

Pare

Sei que sou ser pensante.
Vivo pensando, medindo riscos,
imaginando possibilidades.
E sei que você é assim também.

Mas por favor pare.
Pare de julgar as situações.
Como se seu ponto de vista
fosse o ponto da verdade absoluta.

Essa pode ser a verdade para você,
mas não queira me fazer engoli-la
como verdade para mim.

Apenas pare e pense um pouco mais.

Dedicado à você.

Palhaço siuL

Caro Sr. Poeta Palhaço

Artista do povo,
Alegria da massa.

De maquiagem tão marcante
De sorriso tatuado

Ri alto, chora baixinho;
Fala bastante, quando só é calado.

Venha aqui, sente ao meu lado
Conte a essa jovem bailarina

A história do seu bailado.

Desabafos (de uma pessoa horrível)

Ah, é verdade, esqueço do quanto sou uma péssima filha. Tiro notas altas, falo três idiomas (!), trabalho, amigos e uma vida saudável!

Sou uma péssima filha, não peço dinheiro a ninguém e pago minhas dívidas com antecedência!!

Sou terrível porque saio pra dançar e não bebo nada. Fora ir e voltar sozinha!! Que absurdo!

E essa minha mania asquerosa de sempre respeitar as pessoas?!

Devo entristecê-los demais sendo uma filha desse jeito. Que tenho sempre namorado! Deve ser horrível não ter uma filha que fica galinhando a torto e a direito! E quando saio pra dançar, então??? É de dar náuseas só de pensar que apenas danço..

Sair com amigos só pra conversar?! Como alguém pode pensar numa coisa repugnante assim..

E como sou horrível ao dizer a verdade, Deus!

Como não me envergonho de ser como sou?




E quem eu quero, provavelmente não lerá isso.

É de lágrima

Cada lágrima que deixo escorrer em meu rosto
É lágrima de tristeza, lágrima de esperança.
Esperança de um dia ter-te ao meu lado.

~"~

Quem sabe um dia volte a ser meu?
Oh, quanta besteira!
Tu nunca foste meu.

~"~

Quantas vezes vou ter que te dizer?
Te espero, te amo, te aguardo, me guardo.
És especial demais para deixar-te fugir.

~"~
Não me deixe sozinha. Tenho medo.


Escrito em 23/06/08
As horas passam lentamente e é inútil tentar te esquecer.

E se abandonasse tudo.
E fosse até você.
O que você faria?
Me pegaria pelos braços pra depois me largar?

Desistiria só de saber que eu teria de voltar?

Jogo tudo aos céus pra ficar contigo.
Não me importo de sofrer.

Como já dizia Goethe:
"Antes triste com amor do que feliz sem ele."

Te amo.


Escrito em 23/06/08

Preconceito

pre.con.cei.to sm (pre+conceito)
1 Conceito ou opinião formados antes de ter os conhecimentos adequados.
2 Opinião ou sentimento desfavorável, concebido antecipadamente ou independente de experiência ou razão. 
3 Superstição que obriga a certos atos ou impede que eles se pratiquem. 
4 Sociol Atitude emocionalmente condicionada, baseada em crença, opinião ou generalização, determinando simpatia ou antipatia para com indivíduos ou grupos.P. de classe: atitudes discriminatórias incondicionadas contra pessoas de outra classe social. P. racial: manifestação hostil ou desprezo contra indivíduos ou povos de outras raças. P. religioso: intolerância manifesta contra indivíduos ou grupos que seguem outras religiões.

Então, teoricamente, amor à primeira vista é preconceito!

(post bobo e aleatório XD)
A lua pra mim é como se fosse uma mãe, a quem eu posso recorrer sempre.
Quando estou feliz, olho pra ela e sorrio mais ainda;
Quando estou triste, olho para ela e me sinto reconfortada;

Isso além dos momentos mais maravilhosos da minha vida foram sob luas belíssimas.
Esse sábado a lua estava cheia, enorme e cor de mel. Foi um momento muito especial para mim pois aquele havia sido o melhor dia da minha vida e para fechar, abro um sorriso e uma alegria enorme ao ver aquela lua.


Em 22/07/08, dia que encontrei o Juca pela primeira vez.

Contando histórias

Um telefonema à meia noite
Um convite a jantar
Um olhar gentil
Um riso desconcertado.

Capítulos de uma história
que nunca deveria ter fim.
Assim como a dança,
a música, o sentimento.

O sol nascendo
e a doce despedida
escrevem o fim do livro
que há te continuar.

Quer saber?

Cansei dessa correria
Eu atrás de você
E você atrás de mim

Quando será a calmaria?
O tempo de nos encontrarmos
E em paz, um beijo enfim?

Não quero loteria
Ficar sem saber
Se algum dia vou te ver

Quero ter e ser sua companhia
Sua parceira de briga
Quem corre junto na vida

E mesmo com a sangria
Decidi não te importunar
Queira esses versos, por favor, ignorar.

Bora sair?

Bora sair comigo?
Mas promete que vai me amar
Me amar me amar me amar
Vai dizer que fico mais bela ao luar
E ao final da caminhada
Num gesto repentino
Vai me abraçar, me amar, me beijar.
30/09/2011

Vida estática

O jeito que algumas pessoas pensam da vida como se ela fosse um fato consumado, que ela é assim e ponto me irrita. Profundamente. Ela não é assim porra. Levanta e se mexe, acredite em algo diferente. Pare de cegar a si mesmo e achar que a cegueira está em todos também.

Pesar

(rimas enjoadas, mas deixa assim)

É com pesar que digo
Apesar de te adorar
Não preciso de ti comigo
E se precisar, posso até te deixar
Já que parar isso pouco ligo
Não quero nos magoar
Mas acho que só prefiro ficar

Poem for a foreigner friend / Poema para um amigo estrangeiro

The chains that I once had
As correntes que um dia tive

Are now only memories
São agora apenas memórias

They turned into one more chapter
Se transformaram em mais um capítulo

Tattooed through my body
Tatuado em meu corpo

But this chapter is meaningful
Mas esse capítulo é significativo

A beautiful story
Uma linda história

That hasn’t been written yet.
Que ainda não foi escrita.

Let’s write it?
Vamos escrevê-la?
(Now this is the one!)

Lar

Quero morar num lugar diferente.
Não precisa ser isolado,
não precisa ser mágico.
Só precisa ser simples
e simplesmente meu.

Com cores claras e calmas
que me mantenham em paz

Onde a luz do sol bate
e pela casa inteira reflete.
Onde a luz da lua habita
enquanto deito na cadeira favorita.

Pode ser um barquinho no cais.
Sozinha ou com um rapaz.

Pode ser na cidade grande
com seus sons e cheiros
que a alma abrande.

Um lugar com uma leve brisa
trazendo os amores que profetiza.

E aí que quero ficar.
E esse é pr'aqueles que tiraram sarro de mim,
da minha estranheza quando criança,
do meu jeito desengonçado de ser.

Cá estou eu,
linda e charmosa,
Forte e decidida.

Inabalável.

Sou daquelas

Sou bem daquelas
Daquelas que ninguém,
Mas ninguém mesmo,
Acredita que tem.

Sou daquelas que agrada,
Daquelas que afaga;
Uma dessas que é,
Mas como toda menina é,
Daquelas que chora ao rodapé. (rima porca xD vou repensar!)

Daquelas que atenção chama
E um dia disse um rapaz
Que demais e sem mais...
...ama.

É ridículo

E qual o problema da mulher ser (e se mostrar) sensual e até mesmo vulgar?
Isso ofende sua baixa e frágil auto-estima?

Me perdoe, mas julgar as mulheres pelo modo que (não) se vestem
É a mesma coisa que julgar um negro, um gay ou qualquer outro grupo discriminado.

É ridículo.

Indignação

Críticas são coisas violentas
Que doem e machucam o ser.

Não pelo que foi dito
Mas pelo trabalho e energia dedicados
E o retorno não foi o esperado - pelos outros.

Ah como reclamar e exigir é fácil
Difícil é manter um ser como eu
Manter essa fera, essa metralhadora de sentimentos
Calada e desarmada.


E ainda me mantenho calada pois sei Sei o quanto uma crítica (envenenada) rasga.

Então a saída é,
num silêncio solitário
chorar.
E desalmar

Para parar de absorver sentimentos ruins
Deixarei de absorver qualquer um.

Não estou apaixonada

Descoberta recente:
A paixão acabou.

Me perdôe por dizer isto mas não consigo mais te enganar
Mas não tenho mais a mesma coisa que tinha no começo
Que em algum ponto da nossa estrada se perdeu.

O torpor, o fogo e o desespero
Tudo isso ficou pra trás

E agora, tudo o que nos resta
são as alegrias desse amor tenaz.

Curiosidade

Sou uma pessoa num todo curiosa,
Mas a maioria das vontades de saber
Vêm a cabeça e num instante somem e esqueço.

Porém existem curiosidades eternas.
Umas mais profundas que as outras
Outras do tipo de criança

E assim vou sanando-as
Ou não!

O que importa é que
com ou sem elas
me mantenho assim

questionadora
pesquisadora.

A minha maior curiosidade no momento é saber que tipo de leitores tenho.
Sabe.. a cada dia mais e mais leio estudos, teses científicas e fico triste...


Li uma vez sobre o pendulo das épocas na história humana, onde variamos entre a razão (ciência) e a emoção (sentimento) e que cada vez que chegamos ao cume de uma delas, acabamos por cair na outra

Não vejo a hora do pêndulo da razão cair pro lado da emoção.
mayra diz:
*E
*foi a minha mãe
*quem me deu esse texto
*e no texto fala de tantas coisas
*que nao sei o que ela quer dizer.
*Se é pra eu arrumar meu quarto ou minha vida.

-Logo mostro o texto.
Pain pain pain
why does it hurt so much?

Why is it bleeding?
Make it stop!!

Saudade ingrata
Me mata, me rasga
Me faz sangrar, me faz doer.
Vá embora
Cai fora
Não te quero perto..

Nada de memórias..
Boas ou ruins.. basta.
Assim, não sentirei saudade.

Conotações

A minha dança encanta
Minha dança tem magia
Minha dança é sexy E ele suas conotações sexuais
Essa ânsia por sexo me deixa enojada Pode até não ser a intenção dele mas Tudo parece muito sexual.
Minha dança é sensual Doce e charmosa. Não animalesca e carnal. É sublime e gentil Não é mandona ou imperativa. É de partido alto E não de um puteiro.

Dedicado à uma pessoa da dança de salão que tem me irritado. kbjs.
Vou aprender a tocar um novo instrumento
E nele deixar minhas lágrimas e mágoas

Para poder me entorpecer de sons
Me sintonizar n'outra frequência.

Vou aprender a tocar um novo instrumento
E em notas
tocar você.
Medíocre
Hipócrita
Short-minded.

Não consigo entender como vocês conseguem viver assim. Nessa miudeza de pensamento.
Onde fumar é proibido, mas um pouquinho pode.
Onde reclamar é desmedidamente livre, porém colocar-se no lugar dos outros é expressamente impossível.
Onde o mundo gira em torno de muitos umbigos mas de nenhuma comunidade.
Onde as mentes se acham grandes de maduras, porém são crianças brincando de gente grande.

Sentir-se fora nunca foi tão bom.

Coisas horríveis

Disse coisas horríveis.
Horríveis por estarem nuas e puras.

O mais puro sentimento,
a mais pura revolta,
insatisfação,
sentimento de discriminação.

Disse a verdade. A dolorida verdade.
A de que enquanto alguns se matam por nada,
outros se aproveitam disso.

E chamam de ingratidão.

Podem chamar do que quiserem.
Podem continuar a exigir todos os esforços.

Não vale a pena.
Caso as energias se esgotem,
não haverá mais esforço.
Nem por gratidão.

Pois a gratidão não é recíproca.


Wanna know what? I just throw up.

"Preciso demais desabafar..."

Na verdade não é nada sério.. apenas quero dizer o que estou sentindo em relação a esse blog faz um tempo.Não me anima a escrever, ou sequer passar a limpo os meus escritos pra esse blog por um simples motivo: não tenho retorno. Vejo que vez ou outra uma ou duas pessoas entram no blog, dão uma olhada em alguns posts em especial porém.. nada de comentários. Vocês podem achar uma coisa boba e supérfula porém para as pessoas que escrevem blogs é muito importante - principalmente para os que não recebem pra isso pois o nosso "pagamento" é esse incentivo.
Obrigada por mais uma leitura, May Salvador (com lembranças de Polar, Diana e Ivete)

Vontade

E essa minha vontade louca
Louca que não quer passar

Noite e dia
Acordar e dormir pensando

E mesmo que realize toda essa ânsia
Nada faz passar

Desejo-te, possua-me
Tenha-me como sua escrava

Serva em teus delírios
Romântica apaixonada


Texto sobre sexo e ninfomania


Planos

As pessoas todas com suas vidas andando
E eu aqui, esperando.
O que mais posso fazer?
Tento expandir meu olhar
Mas não vejo muito horizonte.
Para cima o sol me cega,
para frente, o nada.
Continuarei andando.
Fazendo planos.. assim,
quando a vida me der oportunidade,
os realizarei.

Sonho

Essa noite tive um sonho triste
E acordei chorando
Pensando em tudo aquilo que se passou enquanto dormia.

As imagens e acontecimentos na minha mente
Uma mistura de saudade com tristeza
Doçura com alegria.

E um estranho gosto de realidade perdida.
E um desejo de mais.

msn

mai salvadô diz:
*Esses dias em especial
*tenho me sentido extremamente polar :B
*Frágil e forte ao mesmo tempo
*Me sentindo capaz de tudo mas as vezes sem esperança..
*é estranho
*acho que todo mundo passa por isso, né?

Sou apaixonada

Sou apaixonada pela vida,
pelo amor, pelas pessoas.

Mas como toda paixão, acaba.
E depois da paixão começamos a enxergar.
Ver os defeitos, começamos a nos irritar e enjoar.

E é nesse momento, nesse exato momento,
que devemos parar.
Parar para buscar e nos reapaixonar.

An attempt to tip the scale - Bright Eyes

Did you expect it all to stop at the wave of your hand?
Like the sun’s just gonna drop, tf it’s night you demand.
Well, in the dark we’re just air, so the house might dissolve.
Once we’re gone, who’s gonna care if we were ever here at all?
Well, summer’s gonna come. It’s gonna cloud our eyes again.
No need to focus when there’s nothing that's worth seeing.
So we trade for liquor for blood, in an attempt to tip the scales.
I think you lost what you loved in that mess of details.
They seemed so important at the time now you can’t even recall
Any names, faces, or lines; It’s more the feeling of it all.
Well, winter’s gonna end, I’m gonna clean these veins again.
So close to dying that I finally can start living.

Bom dia,

Gostaria solenemente de te informar que estou te apagando da minha vida.
Não é por mal, sei que você me proporcionou momentos muito bons mas... me machuca ter-te ao meu lado.
Você me faz retroceder. Bate na mesma tecla diversas vezes e cisma em permanecer em minha mente.
Sinto muito, não te aguento mais.
E também... queria te dizer que... tenho outro. Ele me faz olhar pra frente, me da sede de mais, me faz querer ser boa para escrever coisas diferentes do que você me trás..
Me desculpe Memória.. porém me apaixonei pelo Sonho e pelo Futuro. Os dois têm sido uma ótima companhia, diferente de você e do Sr. Passado. de quem às vezes sinto até vergonha.
Vocês foram ótimos pra mim, me fizeram conhecer e aproveitar também o Momento. Sou muito grata a vocês.
Sem ressentimentos, ok?
Um beijo, Mayra Salvador de Lima

Sou

Sou bicho fera, bicho fêmea.
Bicho feroz, bicho protetor.
Briguenta, guerreira.
Caçadora e mãe.

Protege a casa,
Protege a cria.

Só esquece as vezes
de cuidar de si.