Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

[18+] Doce da Tarde

Foi quase poético. Uma tarde amena, com um sol tímido atrás de algumas nuvens. Seminua e deitada na cama a dois improvisada, ela revia seus dias. A janela que dava para a varanda estava aberta, e nela via-se o mundo. Dentre todos os pensamentos, lá estava você. A noite anterior não havia sido como planejavam, mas a manhã e início de tarde foram leves, apesar de tudo. Você inundou os pensamentos. Lembranças do último encontro amoroso pairavam sobre a memória, e sem perceber, ela se tocava. Lembrava nos beijos quentes e amorosos, das carícias e promessas e, num sorriso, contraiu-se toda e gozou. Relaxou o corpo nos colchões e suspirou. Começou a chover. Ela olha para o lado, desejando a sua presença, observa a chuva e sorri mais uma vez. Fecha os olhos e sonha.