Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Pare

Sei que sou ser pensante.
Vivo pensando, medindo riscos,
imaginando possibilidades.
E sei que você é assim também.

Mas por favor pare.
Pare de julgar as situações.
Como se seu ponto de vista
fosse o ponto da verdade absoluta.

Essa pode ser a verdade para você,
mas não queira me fazer engoli-la
como verdade para mim.

Apenas pare e pense um pouco mais.

Dedicado à você.

Palhaço siuL

Caro Sr. Poeta Palhaço

Artista do povo,
Alegria da massa.

De maquiagem tão marcante
De sorriso tatuado

Ri alto, chora baixinho;
Fala bastante, quando só é calado.

Venha aqui, sente ao meu lado
Conte a essa jovem bailarina

A história do seu bailado.

Desabafos (de uma pessoa horrível)

Ah, é verdade, esqueço do quanto sou uma péssima filha. Tiro notas altas, falo três idiomas (!), trabalho, amigos e uma vida saudável!

Sou uma péssima filha, não peço dinheiro a ninguém e pago minhas dívidas com antecedência!!

Sou terrível porque saio pra dançar e não bebo nada. Fora ir e voltar sozinha!! Que absurdo!

E essa minha mania asquerosa de sempre respeitar as pessoas?!

Devo entristecê-los demais sendo uma filha desse jeito. Que tenho sempre namorado! Deve ser horrível não ter uma filha que fica galinhando a torto e a direito! E quando saio pra dançar, então??? É de dar náuseas só de pensar que apenas danço..

Sair com amigos só pra conversar?! Como alguém pode pensar numa coisa repugnante assim..

E como sou horrível ao dizer a verdade, Deus!

Como não me envergonho de ser como sou?




E quem eu quero, provavelmente não lerá isso.

É de lágrima

Cada lágrima que deixo escorrer em meu rosto
É lágrima de tristeza, lágrima de esperança.
Esperança de um dia ter-te ao meu lado.

~"~

Quem sabe um dia volte a ser meu?
Oh, quanta besteira!
Tu nunca foste meu.

~"~

Quantas vezes vou ter que te dizer?
Te espero, te amo, te aguardo, me guardo.
És especial demais para deixar-te fugir.

~"~
Não me deixe sozinha. Tenho medo.


Escrito em 23/06/08
As horas passam lentamente e é inútil tentar te esquecer.

E se abandonasse tudo.
E fosse até você.
O que você faria?
Me pegaria pelos braços pra depois me largar?

Desistiria só de saber que eu teria de voltar?

Jogo tudo aos céus pra ficar contigo.
Não me importo de sofrer.

Como já dizia Goethe:
"Antes triste com amor do que feliz sem ele."

Te amo.


Escrito em 23/06/08

Preconceito

pre.con.cei.to sm (pre+conceito)
1 Conceito ou opinião formados antes de ter os conhecimentos adequados.
2 Opinião ou sentimento desfavorável, concebido antecipadamente ou independente de experiência ou razão. 
3 Superstição que obriga a certos atos ou impede que eles se pratiquem. 
4 Sociol Atitude emocionalmente condicionada, baseada em crença, opinião ou generalização, determinando simpatia ou antipatia para com indivíduos ou grupos.P. de classe: atitudes discriminatórias incondicionadas contra pessoas de outra classe social. P. racial: manifestação hostil ou desprezo contra indivíduos ou povos de outras raças. P. religioso: intolerância manifesta contra indivíduos ou grupos que seguem outras religiões.

Então, teoricamente, amor à primeira vista é preconceito!

(post bobo e aleatório XD)
A lua pra mim é como se fosse uma mãe, a quem eu posso recorrer sempre.
Quando estou feliz, olho pra ela e sorrio mais ainda;
Quando estou triste, olho para ela e me sinto reconfortada;

Isso além dos momentos mais maravilhosos da minha vida foram sob luas belíssimas.
Esse sábado a lua estava cheia, enorme e cor de mel. Foi um momento muito especial para mim pois aquele havia sido o melhor dia da minha vida e para fechar, abro um sorriso e uma alegria enorme ao ver aquela lua.


Em 22/07/08, dia que encontrei o Juca pela primeira vez.

Contando histórias

Um telefonema à meia noite
Um convite a jantar
Um olhar gentil
Um riso desconcertado.

Capítulos de uma história
que nunca deveria ter fim.
Assim como a dança,
a música, o sentimento.

O sol nascendo
e a doce despedida
escrevem o fim do livro
que há te continuar.

Quer saber?

Cansei dessa correria
Eu atrás de você
E você atrás de mim

Quando será a calmaria?
O tempo de nos encontrarmos
E em paz, um beijo enfim?

Não quero loteria
Ficar sem saber
Se algum dia vou te ver

Quero ter e ser sua companhia
Sua parceira de briga
Quem corre junto na vida

E mesmo com a sangria
Decidi não te importunar
Queira esses versos, por favor, ignorar.

Bora sair?

Bora sair comigo?
Mas promete que vai me amar
Me amar me amar me amar
Vai dizer que fico mais bela ao luar
E ao final da caminhada
Num gesto repentino
Vai me abraçar, me amar, me beijar.
30/09/2011